Pages

quarta-feira, 3 de novembro de 2010




Certas alegrias
Certas tristezas
Momentos em que me sinto
A pessoa mais bem acolhida
Querida
Outros momentos em que
Tudo se torna o oposto da felicidade
O céu cai
O chão desaparece
Terremoto de emoção
Insegurança nas palavras
Só me restava uma coisa
Desfazer-me de todo mal guardado
Soltar tudo sobre ela(e)
Desafogar meu coração de tanta magoa
Analisar cada emoção já presenciada
Ver que nem tudo depende daquilo
Vendo com olhos e mente abertos
Que uma porta se fechou
Outras mil poderão se abrir
Tanto amores quanto amizades
Alegrias quanto emoções
Somente digo-te que analise cada semente
Cada broto de flor
As vezes o tempo te da mais serenidade
Mais espontaneidade,
E certeza
Que tudo que é feito por mim
Sozinha
Pode simplesmente
Mudar meu mundo real e imaginário.

2 comentários:

  1. Oi flor, passei para dizer que seu blog está lindissímo, e que já estou seguindo ok?
    Se puder nos siga também, Beijinhos ♥

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário! Bjoos s2